Capa » Uncategorized » Ilhas Cayman: o Inferno é lá (calma, é brincadeira…)!

Ilhas Cayman: o Inferno é lá (calma, é brincadeira…)!

Quando se ouve falar das Ilhas Cayman, geralmente é notícia ligada a desvio de verba de políticos corruptos e lavagem de dinheiro, pois esse pequeno país quase isolado é um paraíso fiscal, colônia britânica ainda. Mas não é um paraíso apenas fiscal. 😉

Welcome!!!

Welcome!!! Havaianas de tira azul é um luxo até no Caribe!!! ;-)

Vamos, então, às dicas práticas deste país que tem em Cuba e Jamaica seus vizinhos mais conhecidos?

VISTO

Brasileiros não precisam de visto para fazerem turismo nas Ilhas Cayman (ou depositar seus dólares desonestamente obtidos no Brasil, mas esse não foi o meu caso…) por até 90 dias. Basicamente, seguem as mesmas regras impostas pelo Reino Unido. Boa notícia para brasileiros que gostam de praia e sossego!

MOEDA

Essa parte não nos favorece quase em nada. A moeda oficial de lá é o dólar de Grand Cayman, o qual equivale a aproximadamente US$0,80. Ou seja, todos os preços que você encontrar por lá, para serem transformados em dólar americano, devem ser aumentados em 20%. :-( Realmente, é de se chorar neste aspecto.

Por ser uma colônia britânica, eles falam o inglês, mas é o inglês americano. Como assim? Simples: os voos de Miami são frequentes no aeroporto de lá e custam em torno de US$300 ida e volta distando apenas uma hora de Miami. A alfândega é rápida e eficiente e a mão é inglesa, embora os engarrafamentos definitivamente não são um problema nesta ilha.

TRÂNSITO

Falando em trânsito, as locadoras possuem veículos disponíveis tanto com volante do lado direito como do esquerdo. Se ficar confuso, faça como a Angélica e vá de táxi. É mais cômodo, seguro, só que pode sair mais caro, a depender dos seus deslocamentos. Mas, obviamente, isso é uma questão de escolha e de prioridades suas. Também é possível alugar os passeios oferecidos por agências. Vantagens: preço e comodidade, além da eficiência britânica, mesmo em ilhas tropicais… Desvantagem: você vai onde e quando os motoristas desejam, ficando o tempo que eles acharem mais conveniente. A escolha é sua. :-)

Importantíssimo: pensou em tomar uma gelada no calor e sair dirigindo? Você vai preso se for flagrado dirigindo embriagado. Isso, regra britânica ao extremo. Sem conversinha…

SEGURANÇA

Nem ia comentar sobre esse assunto, mas tudo bem… 😐 Não há registros recentes de atividade criminosa que possa deixar um brasileiro espantado. Precisa de mais alguma coisa?

QUANDO IR

Não existe essa coisa de ‘melhor época”. Isso varia de pessoa para pessoa. Mas se você gosta de calor de verdade, de julho a novembro, as temperaturas se elevam bastante, assim como os preços e a quantidade de chuvas ocasionais. Um inconveniente entre setembro e novembro são os furacões que, de tempos em tempos, fazem uma breve visita às Ilhas Cayman.

Já a alta temporada é de dezembro a maio, período com muito sol, mas temperaturas mais amenas. Se puder ir em agosto ou setembro, show!!! São meses de baixíssima temporada, o que significa preços baixos!!! :-)

QUANTO TEMPO FICAR

Por ser um paraíso tropical, quem está acostumado com a selva de pedra e a vida agitada de uma grande cidade como Rio ou São Paulo normalmente se chateia a partir do quarto dia sem fazer nada. Eu dificilmente me chateio com coisas deste tipo. Portanto, ficaria minha vida inteira por lá, só que é muito caro… Mas para ver tudo de interessante sem pressa, com tempo para curtir as coisas boas da vida, o recomendado é 4 ou 5 dias. Com a velocidade mais baixa, um ritmo mais leve, tudo fica mais legal, não acham??? 😀

A hospitalidade deles é uma coisa fora do comum. É incrível como a maioria dos habitantes de lugares paradisíacos têm a tendência de serem gente muito boa, da melhor qualidade. As Ilhas Cayman com seus hablocs não sai desse padrão fantástico!

O QUE FAZER

Bom, aqui, eu vou por o que fizemos, não necessariamente aquilo que é mais legal ou mais interessante, pois há muita coisa boa para se fazer nas Ilhas Cayman. Vamos começar pela casa do governo. Coincidentemente, é uma casa branca também, só que bem menos vigiada do que aquela mais conhecida… Chega a ser uma casa simples para um chefe de Estado, mas de padrão elevado para mortais como você e eu…

"Casa Branca" das Ilhas Cayman...

“Casa Branca” das Ilhas Cayman…

Outro ponto turístico é a casa mais antiga do país: the Old Homestead. Nós fomos lá durante nosso passeio. É um museu, sendo um monumento à antiguidade de lá. Provavelmente, deve ser a casa mais fotografada das Ilhas Cayman. Foi construída em 1912, muito antes do boom bancário, que trouxe investimentos massivos de investidores do mundo inteiro.

Se você fizer uma busca rápida na internet, verá inúmeras fotos muito parecidas com esta…

HELL IN CAYMAN ISLANDS (O INFERNO NAS ILHAS CAYMAN)

Aposto que, por diversas vezes, você já disse ou simplesmente pensou consigo mesmo: “Que vá tudo para o inferno!!!”. Pois bem, isso é completamente possível na América Central e muito próximo de George Town, a capital e maior cidade das Ilhas Cayman.

Isso mesmo, existe uma cidadezinha chamada Hell (Inferno, em inglês). Lá tem tudo: lojinha de souvenires, o próprio bicho-ruim, posto de gasolina, agência de correios… Isso mesmo: você pode mandar um postal para um amigo ou parente do Brasil que ele chegará diretamente do inferno, com direito a carimbo postal e tudo!! :-) É uma diversão a mais que existe única e exclusivamente neste conjunto de ilhotas do Caribe…

Não existe um consenso entre os pesquisadores, mas especula-se que o nome vem de uma formação rochosa na localidade chamada West Bay com o tamanho de metade de um campo de futebol, mas visual muito deprimente, praticamente lunar. Devido a essas formações, alguém deve ter dito que se o inferno existia, ele deveria ser muito parecido com aquilo que estava aparente. Bom, tire suas próprias conclusões…

O inferno é aqui

O inferno é aqui

Tem bicho-ruim e tudo...

Tem bicho-ruim e tudo…

Conforme já escrito anteriormente, lá dá pra abastecer o carro com uma gasolina do inferno, mandar postais, comprar tranqueiras… tudo muito caro. Inclusive, os habitantes locais estavam se vangloriando de quão caro o país era quando comentaram do preço do galão da gasolina, que era, segundo eles, um absurdo, talvez fosse a gasolina mais cara do mundo! Perguntei qual era o preço e, com algumas contas rápidas de cabeça, descobri que a gasolina “mais cara do mundo” deles custava cerca de US$1 o litro. Imaginem uma coisa dessas? Que gasolina mais cara do inferno… opa, eu falei com o motorista: no Brasil, a nossa gasolina é tão cara quanto a de vocês, só que temos que pagar imposto bagarái!!! Ele me retrucou: Meu amigo, vocês estão piores do que a gente então, pois não precisamos pagar impostos! A conversa acabou por ali, pois eu não queria ser humilhado em público…

Como dizem por aí: tá no inferno, abraça o capeta!!

Como dizem por aí: tá no inferno, abraça o capeta!!

Bem-vindo ao inferno!!

Bem-vindo ao inferno!!

Jesus morreu por todos nós, então dê seu coração a Ele e vá para o paraíso

Jesus morreu por todos nós, então dê seu coração a Ele e vá para o paraíso

Vai encara??

Vai encarar??

Post office e loja de souvenir ao mesmo tempo

Post office e loja de souvenir ao mesmo tempo

Posto de gasolina do inferno

Posto de gasolina do inferno

Aberto!!!??!?!?!!! hahahaha

Aberto!!!??!?!?!!! hahahaha

Quase uma panorâmica

Estacionamento do inferno

Fachada

Fachada

Ainda em West Bay, uma visita interessante é ao Cayman Turtle Farm, local onde se pode admirar (e nadar com) a rica vida marinha presente. São tartarugas, naturalmente, mas há golfinhos e outros animais marinhos para admirarmos ou, até mesmo, nadar com eles.  Uma parte é de graça: a entrada principal. Mas todas as outras atividades, como observar as tartarugas em extinção ou nadar com os golfinhos, tudo pago e bem pago!!

O local é muito organizado e, como em Cayman inteira, ouve-se muito reggae, já que 20% da população local são representados por jamaicanos. São tanques gigantescos para que os golfinhos possam interagir com o público. Tudo isso bem próximo do centro de George Town. Veja um pouquinho do que pode se encontrar por lá clicando aqui.

Entrada

Entrada

Até hi-five ele dá no pessoal

Até hi-five ele dá no pessoal

Golfinho brincando com a galera

Golfinho brincando com a galera

Bicho simpático e inteligente

Bicho simpático e inteligente

O que se pode falar sobre as Ilhas Cayman? Embora tenha o inferno por lá, elas estão mais para paraíso do que para outra coisa…

 

 

Espalhe!!!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado. Campos com * são obrigatórios

*