Capa » Uncategorized » Uma agradável surpresa no Vietnã: Nha Trang e suas praias

Uma agradável surpresa no Vietnã: Nha Trang e suas praias

Nha Trang é uma cidade que fica distante de Ho Chi Minh City (ou Saigon) 10 horas de ônibus, aproximadamente uns 450 km. A estrada não é nada boa, mas deve-se viajar ou de ônibus ou de avião partindo de Saigon ou de Hanoi. O aeroporto que fica na cidade foi fechado, então a melhor alternativa é chegar via aeroporto de Cam Ranh, que fica a uns 30 km de distância da cidade.

Como nós fomos de ônibus, utilizando o serviço da Sinh Tourist, pagamos US$20 pela passagem no ônibus noturno e lá fomos nós. Pulando a parte da viagem, que merece um post específico, chegamos bem cedo em Nha Trang, tomamos um café da manhã e demos uma enrolada antes de seguir para o hotel, pois o checkin seria apenas às 13h. Andamos pela cidade um pouquinho, o calor estava infernal e era final de abril, um dos meses mais quentes no Vietnã.

No geral, os preços são um pouco mais baixos do que os preços de Saigon, pois trata-se de uma cidade de interior. Mesmo assim, é um reduto russo. Quase em todo lugar, há sinalizações em russo, além de chinês. Mas a maior predominância é de russos e não há a menor dúvida. Até os vietnamitas conversam em russo quando acham que alguém é de lá. Vários bares também são gerenciados por russos.

Eles tomam todo o sol do mundo, usando umas roupas de banho totalmente esquisitas, tomam sol em pé, com os braços levantados, com as pernas abertas… parece até que querem fazer o sol que nunca bate em Moscou ou São Petersburgo pegar em todas as partes do corpo deles em um único dia.

As mulheres usam biquínis com a alça para baixo, pois odeiam a marca de biquíni. Os homens usam sungas de praia como os brasileiros em sua maioria, mas com a barriga para baixo, deixam as sungas no estilo fio dental para o sol (além da sunga) entrar melhor… chega a ser bizarro, pois no geral eles são muito gordos, muito mesmo!

Saindo disso, voltando a falar de Nha Trang, a cidade é fantástica, como uma típica cidade pequena de praia no Brasil. Bem charmosinha. Não há quiosques na praia, mas pode-se comprar de tudo muito perto. O comércio na região da praia é bem agitadinho e tem de tudo.

As massagens de 60 minutos são a partir de US$5, mas podem ser encontrados vários preços. As melhores são com os deficientes visuais, é bem fácil achar placas de Blind Massage, todas a US$5. A massagem no pé varia de US$4 até valores mais altos, dependendo da sua disposição para procurar.

Em Nha Trang, além da praia, pode-se comer uma comida que, em minha opinião, é melhor e mais ocidentalizada do que em Saigon. Cafés da manhã com suco, pão, etc., por exemplo, são simples de serem encontrados.

Praia em Nha Trang

Praia em Nha Trang

Uma coisa que não se deve deixar de fazer é passar um dia (ou meio dia) no spa de lama, o mud bath. Fomos ao famoso e muito bom Thap Ba. Ele fica a uns 15 minutos do centro da cidade e você pode ir de taxi ou ligar que eles te buscam no hotel. Só não sei se há custo adicional para isso.

Pagamos no mesmo escritório em que chegamos de ônibus 480 mil dongs (+-US$24) para duas pessoas o dia inteiro, o que dá direito a meia hora de banho de lama em banheiras para até quatro pessoas, mais meia hora de banheira com água a 39 graus e 4 piscinas (com tempo ilimitado) também de água aquecida.

Esse é o único complexo do gênero em todo o Vietnã e é bem organizadinho, vale muito a pena a visita. Se quiser ir por conta, gastará 150 mil dongs (+-US$7) para ter acesso a tudo isso, mas são vários planos, que incluem até diária lá e podem sair por mais de 4 milhões de dongs (+-US$200).

Banho de lama

Banho de lama

No caminho para o banho de lama, tem a Long Son Pagoda, que pode ser visitada na ida, antes da chegada ao banho de lama. É bem grande e bem antiga, vale muito a visita. Em Nha Trang, como em todo o Vietnã, o povo é muito religioso e sempre há oferendas.

Como você está no Vietnã, a alegria do povo é facilmente vista e as pessoas chegam a pedir para tirar foto com você quando percebem que você é estrangeiro. Isso aconteceu conosco no banho de lama, quando um pai vietnamita que estava com toda a família comemorando o feriado da independência contratou um fotógrafo profissional e fez questão de dar o filhinho dele para nós tirarmos foto com ele no colo. Depois, durante todo nosso tempo no Spa, ficava acenando para a gente, como se estivesse dizendo “Olá, meu amigo, muito obrigado!”.

Há, também, muitos mercadinhos noturnos para compras de bibelôs, souvenires e mais o que se queira. Todos são bem baratinhos e, diferentemente das massagens, a negociação está aberta. É muito comum descontos de quase 50% do primeiro preço que eles pedem. Essa é a dica: NUNCA ACEITE O PRIMEIRO PREÇO.

A hospedagem possui preços muito amigáveis, em torno de US$20 por um quarto duplo com banheiro privado. Pode-se pagar mais ou menos, a depender da época. No feriado do dia do trabalho, que emenda com a independência, no fim de abril, é normal achar hotéis de 3 estrelas a US$90 a diária, mas hotéis muito bons. No entanto, há boas casas de hospedagem por US$15 o quarto duplo com banheiro privado achadas facilmente.

Tudo é bem baratinho, a cerveja custa US$0,30! Pasmem, é verdade e eu tomava mais cerveja que água pelo preço, pois são bem baratinhas mesmo. Os drinks custam a partir de US$1.50! Bom, né?? 😉

Uma coisa que se deve enfatizar é a alegria e a simplicidade do povo nessa parte da Ásia. Os vietnamitas são fantásticos, estão sempre alegres e com uma tranquilidade invejável a todos os mortais. Se for ao Vietnã, não deixe de conhecer esse pequeno balneário chamado Nha Trang.

Vietnamita dormindo na moto

Vietnamita dormindo na moto

Quer saber mais sobre Nha Trang? Sobre o Vietnã? Sobre algum outro lugar? Tem algum comentário ou pedido específico de post? Comenta aí, falou???

Espalhe!!!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado. Campos com * são obrigatórios

*