Capa » O que levar na mala

O que levar na mala

Muita gente que pensa em dar uma volta ao mundo (e nem adianta querer se enganar, você já pensou nisso uma vez na vida pelo menos!!!) esbarra em um problema que parece incontornável. A MALA!! Sim, ainda mais em tempos atuais, em que você sequer pode soltar um peido se mexer direito nos aeroportos, pensar em levar sua casa junto com você é algo extramamente inviável. Líquidos e inflamáveis então, fora de cogitação total!

Muitas companhias aéreas low cost cobram pequenas fortunas para despachar seus artigos inflamáveis, em gel, líquidos ou cortantes/pontiagudos. Definitivamente, para alguns, isso é um verdadeiro entrave. Para alguns…

Uma viagem de volta ao mundo requer, inicialmente, desapego quase total. Pense que você passará por inúmeros lugares e que não poderá levar nenhum souvenirzinho, nenhum ímã de geladeira ou copinho de tequila personalizado com o lugar… camisetas, então, estão descartadas oficialmente, sem dó nem piedade…

Então para que dar a volta ao mundo se não podemos trazer nada dos lugares que visitamos? A resposta já foi dada neste texto: DESAPEGO!! Suas lembranças devem ficar guardadas no seu HD externo, na sua conta de dropbox ou na sua retina. Esse é o lugar correto delas. Se você conseguiu ler esse parágrafo e ainda tem vontade de continuar lendo o post, é porque você está iniciando o seu longo e árido caminho ao desapego.

Pedimos a você que tão atentamente está lendo nosso humilde blog que imagine um final de semana esticado por folgas não esperadas que seu chefe te concedeu algumas semanas atrás e que te permitiu fazer uma viagem para algum lugar muito desejado. Como cada um deseja alguma coisa, vou deixar vocês pensarem no próprio destino, sem forçar a barra… Pense no que seria básico para se levar em 5 dias no seu lugar desejado. Inicialmente, pense em quantas cuecas/calcinhas seriam necessários para serem levados para este lugar.

Então imagine o seguinte: se para 5 dias de feriado, eu levei essa quantidade de cuecas/calcinhas, se for para ficar um ano viajando, qual seria a quantidade que você levaria? Você pensou em um caminhão de cuecas/calcinhas, não é verdade? Pois bem, primeiro, vamos apresentar a lista detalhada do que vai na mala do Michael, um ser do sexo masculino e que já aderiu de maneira ignorante ao conceito de desapego.

As quantidades a serem levadas para uma viagem de volta ao mundo são praticamente as mesmas de uma viagem de final de semana prolongado. Loucura? Não! Já imaginou ter que andar por quase 40 países durante um ano arrastando 37 cuecas, sem contar nos outros apetrechos “básicos e fundamentais” que normalmente levamos? É exatamente isso: lembranças devem ficar na memória, lembra? Não precisam ficar estampadas na parede ou em qualquer outro lugar, embora algumas até possam. Não somos hippies, calma, só não temos mais espaço em casa para por quadros, ímãs de geladeira e copinhos para tequila com lugares. Deixamos de comprar camisetas dos lugares faz uns 2 anos por ter camisetas compradas antes de 2010 e que ainda estavam sem uso.

Talvez uma reciclagem mental seja necessária para isso começar a ser, de fato, compreendido e aceito. Não basta apenas compreender. Coisas práticas são necessárias. Itens que, infelizmente, não são vendidos no Brasil, mesmo nos melhores supermercados, aqueles que trazem itens importados… Vamos a alguns exemplos.

O shampoo é algo que gera certo desconforto, pois é algo líquido e se você leva pequenininho, não dá nem pra uma semana direito… Solução 1: comprar pequenas quantidades nos locais em que você for parando e resolver o problema; Solução 2: levar sem se preocupar :-) shampoo em barra!! Isso mesmo, em barra!! Só encontramos na loja Lush dos Estados Unidos, custa US$12 e pesa menos de 60 gramas. Para homens, segura muitas lavagens de cabelo, tornando-se fiel escudeiro ao longo da jornada de volta ao mundo. Para mulheres, dá menos lavadas, mas preocupação zero em despachar o bendito do pote. Você leva em uma latinha e garante que não pingará nada na sua mala de mão! :-)

Desodorante também é algo que preocupa, pois se for spray, está fora de ir na bagagem de mão. A solução seria o roll-on, só que por causa da pressão no avião, normalmente acabam vazando e fazendo uma verdadeira cagada sujeira nas suas coisas. A solução definitiva é o stick, aquele que parece a cola bastão dos nossos tempos de escola. Para cima e para baixo, nada líquido e sem vazamentos.

Para se evitar o peso, também é necessário criatividade e, algumas vezes, um gasto investimento adicional. Moramos em Curitiba, que é um lugar frio pacacete demais e jaquetas e acessórios deste tipo são fundamentais para uma vida com um mínimo de dignidade. Só que todos sabem do peso e do volume de uma boa jaqueta em uma viagem. Vejamos: uma solução é você buscar sua viagem apenas no período do verão (faremos isso). Só que não é uma certeza de que sempre estará calor. Uma noite ou outra certamente fará frio. A solução foi comprar uma jaqueta encontrada nos EUA (para variar) levíssima e que segura o frio até 7 graus Celsius negativos. Pagamos US$60 por ela com uma vantagem importantíssima de ela ser completamente dobrável e ficar com o volume de um vidro de palmito. E quando você desempacota a bichinha, mágica!!! Ela não está amassada, pois o tecido é diferenciado. Não é a coisa mais barata do mundo, mas tem o preço de uma jaqueta normalzinha que pode ser comprada pelo Brasil.

Alguns podem dizer: vocês são playboys que já viajaram o mundo inteiro. Sim, viajamos o mundo inteiro, mas não, não somos playboys. Ganhamos nosso dinheiro trabalhando honestamente e canalizamos todas as economias para as viagens. Esta é a razão de quase 30 países conhecidos antes da volta ao mundo.

Voltemos ao desapego e agora, tentando explicá-lo de maneira mais prática. Abaixo, segue a lista de itens para a viagem de volta ao mundo do Michael e, em seguida, as fotos de cada item.

  • Vestuário em geral: 5 cuecas, 5 meias, 3 sungas de praia, 5 camisetas, 1 short para dormir, 2 bermudas, sendo 1 delas transformável em calça, mais uma calça, chinelo, óculos escuros, jaqueta que vai na sacola
  • Eletrônicos e similares: máquina fotográfica com os devidos acessórios/apetrechos, laptop/carregador, mouse, hd externo, adaptador universal de tomada, adaptador “T”, barbeador/carregador, telefone celular/bateria extra/carregador (usb e de tomada), fone de ouvido, carregador de pilhas, 6 pilhas AA e 6 pilhas AAA (ambas recarregáveis), carregador móvel movido a pilha
  • Artigos de praia: 2 camisetas de mergulho, sapatilha para mergulho, máscara de mergulho/snorkel, braçadeiras para prender bengala ao nadar*
  • Higiene: kit de higiene bucal (escovas, cremes dentais e fio dental), desodorante stick, shampoo em barra, sabonete, perfume 50ml, talco para os pés, escova de cabelo, bastão para pés ressecados, toalha super absorvente e de secagem rápida
  • Remédios: vitamina D3* e alendronato de sódio*
  • Acessórios adicionais: bengala reserva*, pés reservas*, kit soninho no avião, canetas e bloco para anotações

* itens necessários apenas para quem possui distrofia muscular. Caso contrário, pode sacá-los da sua lista básica.

Abaixo, seguem os itens listados um a um

a) 5 cuecas

b) 5 meias

c) 3 sungas de praia

d) 5 camisetas

e) 2 camisetas de mergulho

f) sapatilha para mergulho

g) 1 short para dormir, 2 bermudas, sendo 1 delas transformável em calça e outra calça

h) máscara de mergulho e snorkel mais braçadeira para prender bengala ao nadar. Esse é apenas para quem tem distrofia muscular e precisa sair do mar com o auxílio de uma bengala. Portanto, se você não é portador de distrofia muscular, não precisa se preocupar com este item 😉

i) máquina fotográfica com os devidos acessórios/apetrechos

j) laptop com carregador, mouse e hd externo

k) kit de higiene bucal (escovas, cremes dentais e fio dental)

l) artigos para higiene pessoal: desodorante stick, shampoo em barra, sabonete, perfume 50ml, talco para os pés, escova de cabelo, bastão para pés ressecados

m) remédios de uso regular: vitamina D3 e alendronato de sódio (também exclusivo para quem é portador de distrofia muscular)

n) chinelo

o) toalha super absorvente e de secagem rápida

p) bengala reserva e pés reservas (não é distrófico? Então, esqueça estes itens)

q) adaptador universal de tomada e um “T”

r) óculos escuros

s) kit soninho no avião: tapa-olhos e tampão de ouvido

t) jaqueta que vai na sacola

u) barbeador e carregador

v) telefone celular, carregador (usb e de tomada), fone de ouvido e bateria extra

w) carregador de pilhas, 6 pilhas AA e 6 pilhas AAA, ambas recarregáveis, carregador móvel movido a pilha

x) canetas e bloco para anotações

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado. Campos com * são obrigatórios

*