Capa » Uncategorized » Japão a terra do sol nascente

Japão a terra do sol nascente

Nossa viagem para o Japão durou sete dias. Neste período, iríamos para Okinawa (o que nos permitiu tirar o visto que é necessário para brasileiros sem pagar, pois há um incentivo pra certas áreas do Japão).

Okinawa é conhecida como o Havaí japonês, mas Tóquio é tão encantadora e a distância entre o aeroporto e a cidade é tão grande (chegamos por Narita), que optamos por ficar só na capital (acabamos perdendo a passagem que não era reembolsável). Mas valeu a pena!

E como é o Japão? Como são as pessoas? Vale a pena conhecer? Primeiro, é preciso compreender o fato de que realmente os japoneses são super formais, concentrados e calados. No metrô, o único barulho que você ouve é dos saltos dos calçados. Praticamente não há conversa nem celular tocando você irá ouvir.

O metrô é um capítulo a parte, apesar de super cheio é ultra eficiente (se atrasar existe um “atestado” para que você prove no seu trabalho o que houve). Nos restaurantes, os funcionários trabalham em silêncio, assim como nas lojas e cafés, porém se você aprender algumas palavrinhas em japonês irá ganhar tímidos, mas sinceros sorrisos.

Welcome to Japan!

Welcome to Japan!

Tentando comprar o bilhete para sair do metrô e pegar o ônibus, depois de ter saído do ônibus que leva para Tóquio

Tentando comprar o bilhete para sair do metrô e pegar o ônibus, depois de ter saído do ônibus que leva para Tóquio

É preciso também ressaltar que a comunicação em inglês é praticamente impossível, pois ou eles não falam ou não conseguem te entender (quando não ambos). Isso também dificulta um pouco a visita a museus, por exemplo, pois toda informação está em japonês (tentamos visitar o Space Museum).

Porém, vale muito a pena, pois mesmo sendo tão “fechados”, os japoneses são super prestativos, tentam de uma forma ou de outra te ajudar e outro aspecto que vale a pena é a questão da segurança: o Japão é um país muito seguro, o que faz bastante diferença na hora de visitar.

Um lugar que é muito disputado e cheio de gente é Shibuya não só pelo pessoal meio moderninho que anda por lá, mas também pela estátua do cão Hachiko aquele do filme Sempre ao seu Lado, que passou 10 anos esperando por seu dono. A história original se passou nessa estação de metrô e existe até fila pra tirar foto com a estátua do cãozinho.

Olha a placa!

Olha a placa!

Hachiko

Hachiko

Hachiko

Hachiko

Space Museum

Space Museum

Tudo em Japonês na farmácia

Tudo em Japonês na farmácia

Uma coisa bacana do Japão é que existe internet de graça dentro do sistema de metrô, o que ajuda muito a se localizar, visto que a estação de Shinjuku é a mais movimentada do mundo (3 milhões de pessoas por dia, isso mesmo, um mar de gente).

Aliás, o metrô do Japão é gigantesco, então cuidado para não se perder. Mesmo os japoneses se perdem frequentemente. Outro complicador é que existe um sistema de trens integrado, então é interessante pesquisar bem antes a região que você irá ficar e isso irá definir que tipo de passagem você deverá comprar.

Se tiver um tempinho, vá até a estação de Harajuku, que é onde ficam alguns dos jovens descolados de Tóquio. Passeie e encontre com eles pela Takeshita Street. Outra coisa que vale a pena também tentar é a cozinha japonesa, mas não essa a que estamos acostumados.

Takeshita Street

Takeshita Street

Aliás, a comida japonesa é super variada, passando é claro pelos sushis e sashimis, mas também com vários pratos quentes e, é claro, fast food (eles amam tanto macarrão que tem até hambúrguer feito com isso). Além disso, existe uma parte da culinária que se dedica somente aos doces.

Os japoneses são simplesmente enlouquecidos por doces como crepes, sorvetes, chocolates, bolos de todos os tipos, ou seja, tudo o que tiver chocolate ou açúcar e os preços variam muito, mas em alguns casos os preços são mais razoáveis que no Brasil. Aliás, para várias coisas os preços são mais interessantes, mas é necessário pesquisar.

Mais crepes doces!

Mais crepes doces!

Outros doces

Outros doces

Infinidade de doces

Infinidade de doces

Crepes doces japoneses

Crepes doces japoneses

Hummmm...mais doce no Japão!

Hummmm…mais doce no Japão!

Outras comidas típicas

Outras comidas típicas

Sashimi de verdade

Sashimi de verdade

Hambúrguer de macarrão

Hambúrguer de macarrão

Doces e mais doces japoneses!

Doces e mais doces japoneses!

Por fim, a viagem ao Japão vale para conhecer a mistura do moderno e do histórico: Tóquio é uma das metrópoles mais modernas do mundo com estacionamentos automatizados, prédios anti-terremoto, metrô super rápido e eficiente, além de ser cheia, mas muito cheia de gente, mas ao lado de tudo isso você pode ver japonesas de kimono e antigas vilas e templos no meio da cidade: uma riqueza que não tem preço!

É interessante visitar os templos, mas sempre lembrando do silêncio e do respeito que os japoneses dedicam a estes, logo é preciso seguir essas regrinhas.

Rua cheia de gente

Rua cheia de gente

Rua cheia de gente no Parque Ueno

Rua cheia de gente no Parque Ueno

Templo

Templo

Templo – cerimônia com incenso

Templo – cerimônia com incenso

Budismo

Budismo

Templo

Templo

Roupas típicas Japonesas

Roupas típicas Japonesas

Templo budista

Templo budista

Estacionamento automatizado

Estacionamento automatizado

Espalhe!!!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado. Campos com * são obrigatórios

*