Capa » Visto indiano

Visto indiano

Para início de conversa, uma volta ao mundo sempre tem seus contratempos. A nossa não poderia ser diferente: tiramos o visto indiano antes da data e termos que tirá-lo novamente. :-( Resultado: menos R$400 no planejamento inicial. Ainda bem que o procedimento (e os gastos) não é tão trabalhoso assim.

O visto pode ser de 6 meses ou um ano e o valor varia de acordo com o visto que você peça. A forma de pagamento depende de onde você more. Se você mora nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo ou em qualquer estado da Região Sul, você deverá fazer o pedido via Consulado de São Paulo. Já se você mora no estado de Minas Gerais, o seu caminho é via Consulado de Minas Gerais. Se você não mora em nenhum destes estados, você terá que solicitar via Embaixada de Brasília.

O visto de seis meses (o mais solicitado) é de R$145,00 e o de um ano é R$235,00. Também deve ser pago o valor de R$5,00 de ICWF (Fundo de Bem Estar da Comunidade Indiana) e mais R$35,00 de Sedex para que eles possam te enviar o passaporte de volta.

Para São Paulo, o valor total deve ser depositado (não serve DOC, transferência ou depósito no autoatendimento) na boca do caixa do banco Santander (AG: 4793 C/C: 13-000380-2). ESTA É A ÚNICA FORMA ACEITA PELO CONSULADO DE SÃO PAULO. Se você pagar de outra maneira, terá que pagar duas vezes. :-(

Se for via Minas Gerais, deverá ser feito com dois cheques administrativos, sendo um de R$5,00 e outro de R$180,00.

Em Brasília, o pagamento pode ser feito em dinheiro, mas apenas pessoalmente e com dinheiro trocadinho (R$5,00 para o ICWF e R180,00 para a taxa do visto). Caso contrário, deverá ser enviado, também, o cheque administrativo (aqui, pode ser apenas um de R$185,00). :-)

Vamos ao procedimento:

– Primeiro, preencha o formulário no site https://indianvisaonline.gov.in/visa/
– O upload da foto pode ser meio complicado. A mesma foto que você fizer o upload deve ser impressa e enviada junto com o formulário. Não se esqueça de assinar o formulário depois de imprimi-lo;
– Aguegue seu passaporte válido por no mínimo seis meses da data do seu retorno previsto;
– Junte o certificado internacional de vacina contra febre amarela (é preciso ir a uma agência da Anvisa com o cartão de vacinação atualizado. Os aeroportos internacionais normalmente possuem uma). Ele não é imprescindível para a solicitação do visto, mas você não conseguirá entrar no país sem ele, ok?
– Junte o cheque administrativo com o valor do visto ou o comprovante depósito em conta (no caso do consulado de SP);
– Envie uma carta autorizando o Consulado ou Embaixada da Índia a enviar o seu passaporte com o visto via correio. O modelo é bem simples. Escreva “Eu, fulano de tal, passaporte no. tal, autorizo o Consulado/Embaixada da Índia a enviar meu passaporte via Sedex com o resultado da solicitação de visto”. Coloque a data, assine e ponha junto no envelope;
– Por fim, deixe já preenchido um envelope para ir junto com toda a documentação acima, contendo o seu endereço como destinatário dele (para eles enviarem seu passaporte de volta neste envelope com o visto colado). :-)

Envie toda essa documentação e qualquer outra coisa adicional que você já tenha, como comprovante de hospedagem ou de passagem aérea. O processo todo é muito rápido e você terá seu visto rapidinho e seu passaporte de volta. Só tome cuidado para se programar direito e não fazer como fizemos, pois nos atropelamos pela ansiedade da viagem e solicitamos o visto dois meses antes da época em que deveríamos ter pedido. Resultado: menos grana para converter em rúpias e gastar na terra das mil e uma noites… :-(

Boas viagens a todos!!! 😉

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado. Campos com * são obrigatórios

*